Pular para o conteúdo principal

Você está aqui

Participação Semiótica no VII SAPPIL

Enviado por admin_sedi em qui, 20/10/2016 - 22:45

No dia 27 de setembro aconteceu o VII Seminário de Alunos dos Programas de Pós-Graduação do Instituto de Letras da Universidade Federal Fluminense

Na sala 501 do Bloco C do campus do Gragoatá em Niterói, pesquisadores, alunos, professores e convidados reuniram-se para um dia cheio de boas experiências com a semiótica. Das primeiras horas da  manhã até o pôr-do-sol, ocorreram simpósios temáticos com assuntos que abordam desde Game of Thrones até a telenovela da Rede Globo, Velho Chico. Os alunos de pós-graduação puderam apresentar suas pesquisas em andamento, recebendo críticas e opiniões das debatedoras Regina Gomes (UFRJ) e Carolina Tomasi (USP). O encerramento ficou por conta da conferência da professora Carolina Tomasi.

O novo formato do SAPPIL permitiu que os pesquisadores do SEDI e demais interessados ficassem reunidos durante todo o dia e o saldo disso foi positivo, como conta a doutoranda Raiane Nogueira, “recebi importantes contribuições para dar sequência à elaboração da minha tese, tanto dos professores da UFF quanto dos convidados, além dos meus sempre atuantes colegas do SEDI e dos alunos da graduação presentes.” A estudante está em processo de elaboração da tese sobre “A desconstrução do ficcional no jornalismo em quadrinhos de Joe Sacco: Uma análise do ponto de vista em “Palestina”.

 

 

Um dos momentos mais esperados pelo público presente foi a conferência de encerramento da Professora Doutora Carolina Tomasi que falou sobre "Complementaridade congênita do plano da expressão pictórico: o dinamismo dinâmico nas telas de Umberto Boccioni, pintor futurista". A pesquisadora revela sua profunda alegria em ter participado do dia de debates ao lado de integrantes do SEDI e fala da boa sensação de ter encontrado alunos empenhados e comprometidos com as reflexões científicas na Semiótica, “os trabalhos, cuidadosamente elaborados, perfazem o percurso da pesquisa de ponta, mais atualizada, que coloca em cena os mais diversos objetos, em diálogo com o pensamento de Greimas, Fontanille, Zilberberg, Hjelmslev, Saussure entre outros tantos teóricos coadjuvantes desse cenário epistemológico” e compartilha ainda que levou para casa “a nostalgia de um grupo afinado, unido, cuja orquestra acena para um concerto de solidariedade acadêmica”.

 

 

A participação semiótica no VII SAPPIL foi coordenada por Lucia Teixeira, ao lado de Renata Mancini e Silvia Sousa que prepararam um dia voltado para as reflexões semióticas em suas variadas instâncias. Para Lucia, “O público manteve-se atento e interessado ao longo do dia, contribuindo para que o simpósio de semiótica do SAPPIL fosse realmente um sucesso” e diz, portanto, que “a apresentação dos alunos do SEDI mostrou a vocação de pesquisa do grupo e a complexidade e variedade dos trabalhos em andamento”.

 

 

Premium Drupal Themes by Adaptivethemes